Laboratório de Bioestatística/ Unidades Curriculares

0

NEM

No Laboratório de Bioestatística e Informática Médica (http://www.uc.pt/fmuc/lbim) recebemos frequentemente pedidos de apoio estatístico por parte dos alunos da FMUC, nomeadamente quando necessitam de analisar dados para as dissertações de mestrado.

Sendo impossível para os membros do Laboratório de Bioestatística dar apoio a todos os alunos da FMUC, decidiu oferecer-se duas Unidades Curriculares, de carácter opcional, a alunos de MIM (as UCs decorrem em ambos os semestres):

* Métodos de Investigação I : Planeamento de Trabalhos Experimentais e de Dissertação, opcional do 4º/5º ano cuja vocação primordial é garantir que os estudantes que estão ou virão a realizar as suas dissertações de mestrado ou trabalhos de investigação o consigam fazer com autonomia e visão integrada, tendo ao dispôr orientação quanto a aspectos estatísticos mais complexos que surjam neste âmbito. Nesta UC, focam-se aspectos como a definição da questão de investigação, o desenho de estudo, a análise estatística dos dados e a apresentação dos mesmos. Ao longo do semestre, para além do enquadramento teórico, cada aluno trabalha num projecto concreto – os alunos que têm já projecto de mestrado (algo) definido trabalham-no; os que não o têm trabalham um outro projecto do seu interesse, a definir durante as aulas.

* Revisões Sistemáticas e Meta-Análises, opcional do 3º ano, cuja vocação primordial é garantir que os alunos adquirem competências para realizar este tipo de revisões. Note-se que um dos formatos aceites para as dissertações de Mestrado da Faculdade de Medicina é precisamente uma revisão, havendo grandes vantagens em que a mesma seja sistemática (e não narrativa). Ao longo do semestre, para além do enquadramento teórico, cada aluno trabalha, em grupo, numa revisão sistemática, idealmente num tema que lhe possa ser útil para a dissertação de mestrado futura ou outros trabalhos.

Neste momento, julgo que por falta de divulgação da existência destas Unidades Curriculares, as mesmas apresentam um reduzido número de inscritos, o que contrasta com a necessidade de apoio estatístico que sentimos por parte dos alunos – é precisamente nestas UCs que o Laboratório de Bioestatística pode dar apoio estatístico a alunos do MIM (ver http://www.uc.pt/fmuc/labbioestatisticainformaticamedica/Apoio_alunos). Naturalmente, há também a possibilidade de membros do Laboratório de Bioestatística serem orientadores/co-orientadores de dissertações de mestrado (do MIM ou MIMD), mas para a maior parte dos alunos a frequências das UCs será porventura mais adequada.

Partilhar:

Sobre o autor

Deixa um comentário